Escola Judicial realiza palestra sobre motivação e superação de desafios no âmbito trabalhista com Leila Navarro

quarta-feira, 15 de Maio de 2024 - 15:19
Redator (a)
Francisco Eduardo Carvalho Almeida
Leila Navarro reflete sobre motivação e bem-estar em palestra no TRT-16.
Equipe da Escola Judicial comemora o sucesso da palestra com Leila Navarro.

A Escola Judicial do Tribunal Regional do Trabalho da 16a Região (MA) comemorou de forma descontraída o Dia do Trabalhador e da Trabalhadora, celebrado em 1º de maio, com a palestra “Renove-se: Motivação e Superação para Servidores”, ministrada pela especialista em medicina comportamental, Leila Navarro. O momento reuniu grande público de magistradas, magistrados, corpo funcional, estagiárias, estagiários, terceirizadas e terceirizados, além do público externo do Tribunal para prestigiar o evento. A palestra foi realizada no Auditório Juiz Ari Rocha, no prédio-sede do TRT-16, na última quinta-feira (9/5).
Representando a diretora da EJud16, desembargadora Solange Cristina Passos de Castro, a coordenadora da Escola e juíza substituta da 6a Vara do Trabalho de São Luís, Carolina Burlamaqui Carvalho, realizou a abertura do evento agradecendo o empenho de todo o público do Tribunal: “Sem a participação do público interno, não seria possível fazer Justiça na área trabalhista, no Estado do Maranhão. Obrigada pela dedicação de todas e todos. Reitero, também, o compromisso institucional com o resgate da dignidade do trabalho e o compromisso com os valores do trabalho decente, que são essenciais na atualidade”, afirmou.
Ao destacar dados do SmartLab, ferramenta de mapeamento de déficits de trabalho decente em diferentes dimensões, a coordenadora da EJud16 explicou que, entre as cidades com o maior número de trabalhadoras e trabalhadores resgatados no Brasil, nove estão localizadas no Maranhão. Após apresentar a estatística, Carolina Burlamaqui enfatizou a necessidade fundamental da atuação do TRT-16 nesses quesitos, e pontuou que “esse dado não é para nos entristecer. Esses registros são de resgatados. Então, o que estamos renovando aqui é a esperança de que esses dados sejam cada vez melhores para evidenciar o número de resgatados, e o nosso trabalho é fundamental para que isso ocorra”, finalizou.
Em seguida, Leila Navarro iniciou a sua apresentação com uma entrada diferenciada no Auditório Juiz Ari Rocha, já demonstrando a importância da prática do sorrir, cantar e dançar como fórmula poderosa para impactar positivamente o corpo e a mente, promovendo sensação de bem-estar e diminuição do estresse. Leila avançou no conteúdo da palestra ressaltando a necessidade de priorizar o autocuidado e aprender a lidar com as barreiras do cotidiano, especialmente no âmbito trabalhista, enfatizando que, quando o indivíduo está saudável física e mentalmente, é possível melhorar a capacidade de concentração e produtividade.
Além disso, ao proferir a frase “quando a gente entende que o processo de mudança é necessário, a vida fica melhor”, a palestrante refletiu acerca da aceitação do empoderamento mediante a mudança de atitudes negativas, observando que o controle de ações pessoais é um grande fator de responsabilidade que molda o destino. Leila Navarro também destacou que o processo é desafiador, mas que deve ser enfrentado e vencido para se obter sucesso na carreira profissional e pessoal.
Ao final, Leila apresentou uma paródia musical de composição própria, que aborda os inúmeros problemas enfrentados pela sociedade atual com a implementação dos algoritmos nas diversas redes digitais, chamando atenção para a importância de viver o presente. A canção também incentiva a necessidade de trabalhar a evolução da mentalidade e noções de individualidade, visto que a medida é essencial para alcançar um melhor desempenho em todas as áreas da vida.
A diretora da Escola Judicial, desembargadora Solange Castro, realizou o encerramento do evento agradecendo a presença e participação de todas e todos, relembrando que é fundamental refletir sobre os desafios enfrentados pelos trabalhadores e trabalhadoras, desde questões relacionadas à segurança no local de trabalho até à luta por condições justas e remuneração adequada. A magistrada ainda destacou a importância da promoção de um ambiente de trabalho seguro, inclusivo e equitativo para todas as pessoas.
Leila Navarro
A palestrante é fisioterapeuta com formação pela Universidade de São Paulo (USP) e especialista em Medicina Comportamental pela Escola Paulista de Medicina. Além de empresária, ela também é presidente do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Capital Humano (IPEDESCH). Leila integra o cenário de conferencistas brasileiros e já foi listada entre os 20 maiores palestrantes do Brasil pela revista Veja, sendo reconhecida com o 8º Prêmio Top of Mind - Fornecedores de RH, em 2005, na categoria de Palestrante do Ano. Navarro também já apresentou suas palestras em diversos outros países, incluindo Angola, Chile, Espanha, Japão, Panamá, Peru, Portugal e Uruguai.
 

60 visualizações