Justiça do Trabalho no Maranhão registra 1.355.209 atos processuais em trabalho remoto

terça-feira, 20 de Julho de 2021 - 8:45
Redator
Suely Cavalcante
Produtividade da semana de 12 a 18/7

A produção em trabalho remoto de magistrados, magistradas, servidores e servidoras da Justiça do Trabalho no Maranhão (JT-MA) registrada até o dia 18 deste mês, correspondia a 1 milhão, 355 mil e 209 atos processuais. Os números estão no boletim semanal divulgado nessa segunda-feira (19), pela Coordenadoria de Gestão Estratégica, Estatística e Pesquisa (CGEEP) do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (Maranhão). A produção judicial acumulada corresponde ao período de 13 de março de 2020 a 18 de julho de 2021. Na semana de 12 a 18 de julho, foram 20.948 atos judiciais.
Produtividade em trabalho remoto referente ao período de 13.3.2020 a 18.7.2021: 52.020 sentenças; 76.581 decisões; 19.096 acórdãos; 221.800 despachos; 21.096 alvarás; 22.609 processos baixados na fase de execução; 12.951 penhoras online; e 929.056 documentos juntados aos autos por servidores.
Produtividade referente à semana de 12 a 18.7.2021: 1.014 sentenças; 1.218 decisões; 367 acórdãos; 2.936 despachos; 515 alvarás expedidos; 404 processos baixados na fase de execução; 143 penhoras online; e 14.351 documentos juntados aos autos por servidores.
TRT-MA mantém suspensão parcial de atividades presenciais no prédio-sede do Tribunal e Fórum Astolfo Serra até 26 de julho
O presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (Maranhão), desembargador José Evandro de Souza, decidiu, por meio do Ato do Gabinete da Presidência nº 28/2021, manter suspensas, parcialmente, as atividades presenciais, inclusive os atendimentos externos, no âmbito do prédio-sede  do TRT e Fórum Astolfo Serra (sede das Varas do Trabalho de São Luís), com exceção do que for considerado serviço essencial, até o dia 26 de julho de 2021, por força das orientações emanadas em parecer de 16 de julho do Setor de Saúde do Regional, alinhado com o boletim epidemiológico publicado pela Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão.
Etapa 2
No mesmo Ato, o presidente decidiu manter o retorno gradual de 60% dos magistrados, magistradas, servidores, servidoras, estagiários, estagiárias do Fórum Manuel Alfredo Martins e Rocha, localizado na cidade de Imperatriz, autorizado desde 14/07/2021, observando, rigorosamente, a Etapa 2 do Plano de Ação para o Retorno Gradual com Segurança às Atividades Presenciais na Justiça do Trabalho no Maranhão, Eixo 1 (Gestão de Pessoas e Saúde). O Plano de Ação foi aprovado pelo Ato Conjunto G.P e GVP/CR nº 06/2020.
O desembargador presidente determinou o retorno gradual de 60%, a partir desta segunda-feira (19/07/2021), dos magistrados, magistradas, servidores, servidoras, estagiários, estagiárias, terceirizados e terceirizadas às dependências das Varas do Trabalho de Açailândia, Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Barreirinhas, Caxias, Chapadinha, Estreito, Pedreiras, Pinheiro, Presidente Dutra, São João dos Patos, Santa Inês e Timon às atividades, seguindo as determinações previstas para a Etapa 2 do Plano de Ação. 
Leia matéria completa sobre a determinação.
 

21 visualizações