Laboratório da Inovação recebe visita do juiz auxiliar da Presidência

segunda-feira, 5 de Setembro de 2022 - 12:18
O juiz Saulo Fontes, de terno, entre gestoras, gestores, servidoras, servidores e terceirizada

O juiz auxiliar da Presidência, Saulo Tarcísio de Carvalho Fontes, visitou as instalações do Laboratório de Inovação, Inteligência e Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (InovaLab TRT-16) na última quinta-feira (1/9). O magistrado estava acompanhado da diretora-geral, Fernanda Cristina Muniz Marques, do secretário-geral da Presidência, Carlos César Pinto Reis, da assessora da Diretoria Geral, Claudene do Socorro Campos, além de servidoras, servidores, estagiárias, estagiários, terceirizadas e terceirizados.
O juiz Saulo Fontes destacou que o laboratório será o espaço para que os projetos sejam desenvolvidos coletivamente, contribuindo para que a Justiça do Trabalho alcance melhores resultados. Segundo ele, a partir desse trabalho será possível buscar soluções para superar as dificuldades. Ele disse ainda que o desafio é expandir as atividades para contaminar as pessoas, de forma que todas possam participar.
A sala foi projetada para criar uma ambiência propícia à inovação. É um ambiente colorido, convidativo, próprio para promover a conexão entre as pessoas. Uma mesa foi colocada com o Canvas Solução, uma ferramenta que vai permitir a troca de ideias entre pessoas de diferentes áreas do conhecimento na busca de soluções corporativas. O projeto vai assinado pela arquiteta Nikole Melo de Mendonça, uma das colaboradoras do InovaLabTRT16.
Dentro da sala foi disponibilizado o Varal da Criação para que cada visitante possa deixar sua sugestão. “Ao invés de usarmos as caixas de sugestões, apostamos na ideia de criar um espaço para que todos possam ver as sugestões e até complementar”, explicou Nikole.
O secretário de Governança e Gestão Estratégica, Marcos Pires Costa, ressaltou o trabalho colaborativo. “É gratificante ver que a inovação de fato chegou à Justiça do Trabalho do Maranhão. Mais gratificante ainda ver que as pessoas estão motivadas e engajadas”, afirmou. 
A servidora Edvânia Kátia (Ouvidoria) destacou o potencial criativo e inovador das pessoas que fazem a Justiça do Trabalho do Maranhão. “Por aqui já tivemos Concurso de Boas Ideias, Banco de Ideias, Oficina da Criatividade. E agora vamos avançar”, afirmou.
A servidora Aline Lobato explicou o significado do TEAR, frase usada na camiseta que os laboratoristas estavam usando. “Nossa proposta é substituir o Banco de Ideias pelo Tear de Sugestões, um canal eletrônico para recepção de sugestões. Nosso Tear representa então Trabalho& Engajamento& Atitude& Realização. Esse será o lema do nosso laboratório”, finalizou.

238 visualizações