TRT-16 promove roda de conversa para discutir a Inclusão Social e a Compreensão do Autismo

segunda-feira, 25 de Março de 2024 - 14:22
Redator (a)
Gustavo Melo
Revisor (a)
Luane Freitas

O Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (Maranhão) celebra o Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo, comemorado anualmente em 2 de abril. Para isso, o Tribunal reunirá três especialistas na roda de conversa “Autismo não se cura, se compreende: um guia básico para identificar, entender e agir”, buscando educar e sensibilizar os participantes sobre a causa e informá-los sobre o espectro autista, para promoção da identificação e tratamento adequados.
O bate-papo acontecerá às 10h30, no auditório da Escola Judicial do TRT-16 (1º andar do prédio-sede do Tribunal), com participação da terapeuta ocupacional Lunna Campos, da médica de família Wilka Castro e da fisioterapeuta e fonoaudióloga Cynthia Rolim. 
As inscrições estão abertas no site da EJud e tem como público-alvo magistradas, magistrados, servidoras, servidores, terceirizadas, terceirizados, estagiárias e estagiários do TRT-16, assim como associações de pessoas autistas e público em geral. Além do encontro presencial, os interessados têm a opção de participar da roda de conversa de forma on-line, pois será transmitida pela Plataforma Zoom.
O evento, de iniciativa do Setor de Saúde e do Setor de Acessibilidade e Inclusão do TRT-16, é realizado em parceria com a Fundação Assistencial dos Servidores do Ministério da Fazenda (ASSEFAZ) e está alinhado à Meta 3 do Planejamento Estratégico da Justiça do Trabalho 2021-2026, visando a reduzir barreiras de acesso para pessoas com deficiência, e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável nºs 10 e 16 da Agenda 2030 da ONU, promovendo a inclusão social de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).
Palestrantes
Lunna Campos é Terapeuta Ocupacional e há 13 anos atua com crianças com Transtorno do Espectro Autista. Possui proficiência em Integração Sensorial pelo Modelo Star Center, certificação internacional em Integração Sensorial e Medida de Fidelidade de Ayres e certificação em Integração Sensorial com Bebês. Além disso, tem formações avançadas em Disfunções Sensoriais no Processo da Alimentação e Desenvolvimento Infantil, avaliação clínica e intervenção.
Wilka Castro é Médica da Família com formação pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e residência em Medicina de Família e Comunidade pelo Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP). É mestre em Saúde da Família pela Fundação Oswaldo Cruz/UFMA e atua como Médica de Família no Hospital Universitário da UFMA, além de ser professora de Medicina na Unidade de Ensino Superior Dom Bosco (UNDB). Possui experiência em saúde pública e privada.
Cynthia Rolim é Fisioterapeuta e Fonoaudióloga, pós-graduada em Fisioterapia Neurofuncional Pediátrica, mestranda em Neurociências e pós-graduanda em Fonoaudiologia em Linguagem. Atua na Clínica Recriar, é terapeuta do Método Padovan e especialista em Avaliação e Vigilância do Desenvolvimento Infantil.
Serviço
Roda de Conversa: Autismo não se cura, se compreende: um guia básico para identificar, entender e agir
Carga horária: 1h30
Palestrantes: Lunna Campos, Wilka Castro e Cynthia Rolim 
Data: 2 de abril - Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo
Horário: 10h30
Local: Auditório da Escola Judicial do TRT-16 e Plataforma Zoom

 

319 visualizações