TRT-MA disponibiliza manuais sobre Zoom, plataforma de videoconferência que será usada para realização de audiências e sessões de julgamento

quinta-feira, 29 de Abril de 2021 - 12:21
Redator
Suely Cavalcante

O Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região (Maranhão) disponibilizou manuais sobre a plataforma Zoom destinados aos públicos externo (jurisdicionados, advogados e membros do Ministério Público do Trabalho) e interno (magistrados e servidores).
Elaborados pela Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Comunicações (CTIC), os manuais têm como objetivo auxiliar usuários da plataforma a utilizarem os principais recursos do aplicativo, como por exemplo, instalação, participação de reunião, habilitação de microfone, dentre outros temas. O acesso aos manuais se dá pelo portal do Tribunal (www.trt16.jus.br), nos menus Serviços/Audiências e Sessões Telepresenciais - Zoom -> Para o Cidadão e o Advogado e Serviços -> Para Magistrados e Servidores. Clique aqui para acessar as informações.
Por determinação do presidente do TRT-MA, desembargador José Evandro de Souza, no Ato do Gabinete da Presidência nº 8/2021, a partir de 1º de maio de 2021, as audiências na primeira instância, inclusive nos Centros Judiciários de Métodos Consensuais de Solução de Disputas (CEJUSC-JT), e sessões de julgamento na Justiça do Trabalho no Maranhão serão realizadas pela plataforma Zoom. Após essa data, fica vedado o uso de múltiplas ferramentas de videoconferência para a realização de sessões e de audiências no âmbito do Regional. Clique aqui para saber mais.
Além dos manuais, a CTIC também disponibilizou vídeos explicativos sobre como usar a ferramenta no canal TRT16MA do YouTube, na playlist Tutoriais - Zoom; além do vídeo Zoom Meeting - Treinamento para Usuários e outras informações sobre a plataforma.
Segundo a CTIC, o Zoom está entre as soluções de reuniões remotas mais seguras e mais utilizadas. O aplicativo pode ser instalado e utilizado em notebooks, computadores, tablets e smartphones nos sistemas operacionais Windows, macOS, iOS e Android.

Com informações da CTIC.
 

145 visualizações